Apoio à moda sustentável

- Imprensa -

Desde o último dia 14, mais de 60 mulheres passaram a receber capacitação para empreender no mundo da moda com o início do projeto Moda Sustentável, focado em imigrantes e refugiadas que residem na capital paulista e já têm um negócio ou experiência com costura.

Com patrocínio do Instituto CCP (Cyrela Commercial Properties) e do Instituto Center Norte, a iniciativa é uma parceria da ONG Cami (Centro de Apoio e Pastoral do Migrante) com o Sebrae-SP e o SENAI.

A ação nasceu com o objetivo de preparar imigrantes e refugiadas a formalizarem suas empresas no sentido de ganhar competitividade dentro do mercado de moda.

São duas turmas, uma no horário matutino e outra no período noturno, com 32 mulheres em cada. As inscrições começaram em julho, com mais de 100 interessados.

Para aprovação dos candidatos e formação das turmas, o Sebrae-SP realizou um diagnóstico de perfis empreendedores com aderência ao projeto.

O Moda Sustentável é ministrado pela equipe do Sebrae e acontece em duas fases: capacitação on-line com foco em empreendedorismo, abordando os temas de ideia de negócio, marketing, finanças, formalização do MEI e bancarização; e formação específica em negócio de moda, com consultorias individuais e diagnóstico de gestão.

A segunda etapa terá formação técnica com aulas de tecnologia têxtil básica, modelagem, corte, corte em máquina, ponto fixo, overloque e galoneira.

A idealização do projeto é da ONG Cami e a maioria dos participantes é de imigrantes de nacionalidade boliviana, residentes no centro de São Paulo, região com grande número de confecções, parte delas em situação irregular de trabalho.

Para a primeira fase, o foco são as mulheres. Na segunda fase, as vagas remanescentes irão contemplar homens.

Segundo o diretor-executivo do Instituto CCP, Aron Zylberman, a iniciativa fortalece o propósito da entidade de promover a inclusão por meio do investimento social centrado no empreendedorismo. “Pelo histórico de atuação e localização estratégica, reconhecemos no Instituto Center Norte um importante parceiro para o desenvolvimento deste desafiador e construtivo projeto”, afirma  Zylberman.

“Ficamos muito contentes em receber o convite do Instituto CCP para juntos viabilizarmos esse projeto que, sem dúvidas, irá transformar o futuro dessas pessoas, oferecendo ferramentas e conhecimento para que eles possam avaliar os melhores caminhos para conquistar seus negócios no mundo da moda. Iniciativas como essa transformam nossa sociedade e são de extrema importância”, destaca Daniela Pavan, gerente de sustentabilidade da Cidade Center Norte, complexo multiuso que reúne os Shoppings Center Norte e Lar Center, o Expo Center Norte, o Novotel Center Norte e o Instituto Center Norte.

 

 

  • Deseja receber
    notícias exclusivas?