(Português) Resultados do 2º trimestre de 2020

- Press -

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

SP, 10/08/2020 – Em teleconferência realizada nesta sexta-feira 7, a CCP (Cyrela Commercial Properties), uma das mais importantes empresas do segmento de propriedades comerciais no Brasil, reportou expressivo crescimento no lucro líquido, de R$ 307 mil para R$ 10,4 milhões, no comparativo entre o 2º trimestre de 2020 e o mesmo período do ano passado. Comparando os dois primeiros semestres de cada ano, a companhia evoluiu de R$ 18,1 milhões para R$ 46,2 milhões. Outro dado relevante foi a redução nas despesas financeiras, que recuaram 46,6% no comparativo 2T20 X 2T19, com queda de R$ 40,4 milhões para R$ 21,6 milhões.

Presente no mercado de escritórios e shoppings centers, a CCP demonstra grande resiliência neste período de crise econômica provocada pela Covid-19. Exemplo são as taxas de ocupação física e financeira, que se mantiveram praticamente estáveis, enquanto as receitas de aluguel cresceram 5,6%. Mesmo com a crise, a empresa viu aumentar em 21,2% o valor dos contratos de locação (leasing spread) em seus prédios comerciais.

“Isso mostra a importância da qualidade do nosso portfólio”, afirma o presidente da CCP, Pedro Daltro. Segundo ele, a pandemia criou ruídos no mercado, mas os efeitos têm sido bem menores do que o esperado.

“Desde julho, sentimos uma retomada importante nas negociações em decorrência, especialmente, do surgimento de boas oportunidades para a locação em lajes já existentes, com áreas prontas e que não demandam investimentos para novos locatários”, observa o executivo.

Em shopping centers, o impacto negativo começa a ser revertido. “Percebemos uma melhora gradual no fluxo de público e de vendas, com substanciais avanços na medida em que são liberados horários de funcionamento mais extensos”, informa Thiago Muramatsu, diretor financeiro, de RI e de shoppings. “O movimento e as vendas crescem de 25% a 30% a cada semana”, acrescenta.

Sócia do Delivery Center, a CCP destacou em seu relatório trimestral o desempenho da operação em seus shoppings. De acordo com o balanço, na comparação 2T20 x 1T20, o número de transações cresceu quase 12 vezes e o tíquete médio, 3,6 vezes. O mesmo levantamento mostra aumento de 178% no volume de pedidos; 139% na quantidade de novos clientes; e 46% no número de lojas que passaram a usar o serviço de entrega.

“Ainda vivemos um dos períodos mais difíceis da nossa história. Mas este momento tem sido importante para enxergarmos claramente o quanto a qualidade do negócio, a sólida parceria com clientes e fornecedores e o talento e o comprometimento do nosso time pesam positivamente em um contexto de enormes desafios”, avalia o presidente Pedro Daltro.

Mais informações sobre o relatório de resultados do 2T20 estão disponíveis no endereço http://ri.ccpsa.com.br/.

  • Would you like to receive
    exclusive news?