Thera Corporate

- Triple A -

A região da Berrini reúne condições e estrutura para abrigar escritórios de corporações globais de médio e grande porte. A localização do Thera é privilegiada, por exemplo, em infraestrutura viária – com destaque para as avenidas Presidente Juscelino Kubitschek, Brigadeiro Faria Lima, Funchal, Jornalista Roberto Marinho e Nações Unidas (Marginal Pinheiros), bem como as pontes Cidade Jardim, Engenheiro Ari Torres, Octávio Frias de Oliveira e Morumbi, além dos túneis Jânio Quadros e Sebastião Camargo. O acesso também é facilitado pelo transporte público existente na região através das estações da CPTM (o empreendimento dista 600 m da estação Vila Olímpia) e possibilita a interligação com o Metrô através das linhas Amarela e Lilás.

Área Total

28.359 m²

Desenvolvimento

CCP

Entrega

2014

Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, 105 - Itaim Bibi, São Paulo - SP, Brasil

O Thera Corporate se enquadra na seleta categoria “Triple A” – que define edifícios de escritórios modernos, eficientes e de alto padrão, tendência adotada com êxito nos empreendimentos desenvolvidos pela Cyrela Commercial Properties e Cyrela Brazil Realty, duas das principais incorporadoras do mercado imobiliário brasileiro.

Líder no segmento de edifícios corporativos, a CCP possui hoje um dos melhores portfólios desse mercado em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro. Mais da metade dos empreendimentos incorporados pela empresa recebeu a classificação “Triple A” (conferida pelo Núcleo de Real Estate da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo).
O complexo Thera, que ocupa um terreno de 17 mil m², inclui, além da torre corporativa, um edifício de salas comerciais e uma área com aproximadamente 300 m² para implantação de espaços de serviços e gastronômicos. O local de alimentação e convivência se integra ao projeto paisagístico do empreendimento.

A torre corporativa contempla padrão e recursos equivalentes aos edifícios comerciais mais sofisticados do mundo – incluindo avançados sistemas de automação e supervisão predial, ar-condicionado, elevadores, instalações elétricas e hidráulicas, geradores de energia, telecomunicações, conforto térmico e acústico, entre outros. O projeto também se destaca pela localização, arquitetura contemporânea, qualidade construtiva, acabamentos nobres e serviços diferenciados.

O projeto do Thera Corporate é pré-certificado nível Gold com o selo “LEED® for Core & Shell”. A certificação LEED® (Leadership in Energy and Environmental Design), conferida pelo U.S. Green Building Council (USGBC), atesta que o edifício cumpre os requisitos exigidos para construções sustentáveis, também chamadas Green Buildings – prédios com baixo impacto ambiental, que asseguram condições salutares de ocupação e maior retorno econômico.

A Green Building Council Brasil (GBC Brasil), representante oficial do World Green Building Council (WGBC), elegeu a ferramenta de certificação LEED® como a mais adequada a ser aplicada no país, em função das características do mercado brasileiro. Essa certificação foi desenvolvida com a colaboração de cientistas, arquitetos e engenheiros de vários países, sendo reconhecida mundialmente como parâmetro de mensuração para construções sustentáveis. O processo de certificação do empreendimento comprova a preocupação da Cyrela Commercial Properties com a responsabilidade sócio-ambiental da região onde o Thera Corporate será implantado, bem como de toda a cidade.

O gerenciamento de operações do Thera Corporate será realizado por sistema de automação e supervisão predial – que comanda, ininterruptamente, o funcionamento inteligente do ar-condicionado central (incluindo áreas privativas), elevadores, entrada e distribuição de água e energia elétrica, iluminação, geradores de emergência, acesso a áreas restritas, além de dispositivos para combate a incêndios. O sistema gera ordens de serviço, manutenção e prevenção eletronicamente, alertando para a necessidade de ações preventivas e corretivas.

O edifício contempla infraestrutura para abrigar os mais modernos recursos de telecomunicações, estando preparado para receber suprimento (com cabos de fibra óptica) de todas as concessionárias por pontos de entrada (pop) separados e DGs igualmente separados.

O projeto também conta com dois grupos geradores à diesel (2 x 750 kVA) assegurando abastecimento ininterrupto para todas as áreas comuns (exceto CAG) no caso de falta de energia elétrica. Há previsão para instalação de um grupo gerador à gás natural (1 x 1.000 kVA) para atender 100% das cargas – incluindo aí todas as áreas privativas dos escritórios – e possibilidade de operar em regime de “peak-shaving” diário. Ainda há espaços adicionais na cobertura para a instalação de geradores privativos por parte das empresas ocupantes.

O empreendimento conta com ar-condicionado central do tipo expansão indireta (fan-coils), central de água gelada composta por chillers elétricos e dutos de saída com atenuação acústica na saída e retorno aos fan coils. O sistema foi desenvolvido considerando-se uso de, no máximo, dois conjuntos por andar.

A preparação para recebimento de caixas de Volume de Ar Variável (VAV), a serem instaladas pelos ocupantes, irá permitir temperaturas diferentes em cada ambiente dos escritórios. As caixas VAV poderão ser interligadas ao sistema de automação e supervisão predial.

O sistema de detecção e combate a incêndios foi projetado de acordo com as normas brasileiras e recomendações da NFPA (National Fire Protection Associations).

Um dos eixos empresariais mais valorizados de São Paulo foi o local escolhido para abrigar o complexo Thera. Situado na confluência das avenidas Engenheiro Luís Carlos Berrini e Bandeirantes, o empreendimento possibilita entrada e saída de veículos pelas duas avenidas – facilitando o acesso. O empreendimento fica próximo ao aeroporto de Congonhas e importantes avenidas, como Presidente Juscelino Kubitschek, Brigadeiro Faria Lima, Funchal, Jornalista Roberto Marinho e Nações Unidas (Marginal Pinheiros).

O projeto arquitetônico do Thera Corporate, assinado pelo escritório Collaço & Monteiro Arquitetos Associados, apresenta linguagem contemporânea. A fachada contempla “cortina” de vidros laminados e colunas verticais de granito, o que confere imponência e grande visibilidade ao empreendimento. O projeto foi concebido de forma a garantir conforto térmico e acústico aos ocupantes do edifício – bem como otimizar o consumo dos sistemas de ar-condicionado central e iluminação, entre outros.

Implantado em um terreno de 14.120 m², o projeto conta com um total de 68,1 mil m² de área construída, sendo 31,6 mil m² de área BOMA (Building Owners and Manangers Association – USA). O Thera Corporate é composto por 15 pavimentos de escritórios, com lajes entre 2.067 e 2.130 m² cada. Os andares, livres de pilares internos (core central) e com vidros “piso-teto” podem ser divididos em dois conjuntos. O amplo lobby de entrada, com cerca de 2 mil m² e pé-direito de aproximadamente 8 metros, prevê acabamentos nobres, confirmando o alto padrão do edifício. O empreendimento, que permite acesso de veículos pelas avenidas Engenheiro Luis Carlos Berrini e Bandeirantes, possui 4 subsolos de estacionamento – com total de 1.106 vagas, o que representa relação de 1 vaga para cada 26m² privativos de escritórios. Um dos subsolos será destinado ao estacionamento VIP e rotativos.

Os pavimentos de escritórios serão servidos por 10 elevadores sociais, além de 2 elevadores de serviço e emergência (acesso do térreo ao último andar). O acesso dos subsolos ao térreo será realizado por outros 4 elevadores. O conjunto de 16 elevadores conta com monitoração, controle de tráfego e sistema de antecipação de chamadas. No Thera Corporate ainda há previsão para heliponto com Sky Lobby – cuja implantação está condicionada à aprovação do projeto pelos órgãos públicos competentes.

Baixar folder Baixar folder

Preencha os dados para baixar o folder

Converse com nosso
atendimento especial
e receba nossas disponibilidades

Deseja receber
notícias exclusivas?